DeFi é o melhor setor para investir além do Bitcoin, diz especialista

As grandes figuras ​​do investimento institucional em criptomoedas estão traçando suas estratégias para investir em ativos digitais além do Bitcoin.

De acordo com o codiretor de investimentos da Pantera Capital, Joey Krug, há muitas oportunidades no mercado de criptoativos para esses investidores.

Em uma entrevista recente à Raoul Pal, da Real Vision Finance, Krug destacou que, além do Bitcoin e Ethereum, as finanças descentralizadas (DeFi) são o espaço mais atraente para investir.

“Eu acho que DeFi é a próxima área de maior ativo ‘investível’ neste espaço. Em qualquer carteira, quero ter exposição tanto a exchanges descentralizadas quanto a protocolos de empréstimo”, disse.

DeFi é uma boa

Conforme explicou o executivo, o crescimento fundamental no protocolo é um fator-chave para escolher um ativo DeFi para investir.

“O que estou tentando fazer é: compre os protocolos que estão tendo o maior crescimento na tração do usuário, volume, etc, ajustados para avaliação”, disse.

Quem também participou da entrevista foi o diretor de investimentos da BlockTower Capital, Ari Paul. Ele disse que a construção de portfólio envolve uma “análise de baixo para cima” e o estudo dos fluxos de dinheiro.

“Você pode dizer que acreditamos no DeFi… Vamos então fazer algumas análises de baixo para cima e ver quais são os projetos de mais alta qualidade nisso. Queremos ter uma certa exposição a esse tema”, pontuou.

Termo altcoin é muito amplo

Já Jeff Dorman, do fundo em criptomoedas Arca, disse acreditar que o termo “altcoin” para se referir ao mercado de Defi e outros, é muito amplo.

Segundo ele, esse mercado cresceu ampla e profundamente nos últimos anos. Portanto, o termo altcoin não faz mais sentido.

Isso porque, segundo Dorman, os setores são realmente diferentes, são diversos “bolsões” de ativos digitais que fazem coisas diferentes.

Assim, Dorman sugeriu que precisa haver mais especificidade, já que diferentes criptoativos têm objetivos e propósitos distintos.

Por fim, como dicas antes de investir em um projeto, ele destacou:

“Não classifique tudo como altcoin. Não pense em tudo como uma criptomoeda. Isso é jogo? É o DeFi? Isso é Web 3.0? É outra coisa? O que o token realmente faz? O token não está anexado a nada e vamos descobrir isso mais tarde, ou ele está realmente anexado a alguma coisa? Existem fluxos de caixa reais? Existe um rendimento real? Existe um caso de uso real para isso?”

Criptomoedas