LG desistiu dos telefones

Apesar de não ser uma das marcas mais fortes do mercado, a LG sempre conseguiu ter uma posição sólida. A marca sempre garantiu modelos diferentes e com caraterísticas únicas, que durante alguns anos se mostraram atraentes.

Esse estado de graça parece ter terminado há alguns anos e a LG começou a perder terreno rapidamente. Foram várias as tentativas para recuperar a parte da sua posição, mas sem sucesso aparente. Agora, e do que se sabe, a LG vai mesmo encerrar a sua divisão de smartphones.

LG desistiu dos telefones

Uma decisão definitiva da LG

Os últimos anos não foram fáceis para a divisão de smartphones da LG. Mesmo sendo uma das gigantes no campo da tecnologia, a marca veio a perder mercado de forma constante e os prejuízos acumulam-se há quase 10 anos.

Depois de várias tentativas para se revitalizar e reinventar a LG parece ter desistido. Tentou vender esta sua divisão a várias empresas, como a Vingroup e a Volkswagen. Estas negociações falharam, como já tinha sido avançado antes, ditando assim o possível futuro.

“A LG considerou várias opções, como uma venda, dividir as vendas ou sair do negócio dos smartphones, mas decidiu recentemente sair do negócio”, de acordo com fontes da indústria, quinta-feira, acrescentando que a empresa fará um anúncio oficial no seu concelho geral a 5 de Abril

O fim da divisão de smartphones

Agora, e segundo fontes internas da empresa, a decisão parece estar fechada. Será já no dia 5 de abril que tudo será anunciado numa reunião de acionistas da LG. Esta será uma decisão definitiva e que marca assim o fim da empresa nesta área.

LG desistiu dos telefones

Divisão com telefones únicos

LG desistiu dos telefones – Apesar de ser já uma decisão esperada por muitos, esta está a surgir de forma estranha. A LG lançou recentemente smartphones completamente diferentes, como o Wing, um telefone com ecrã giratório, ou o seu smartphone com ecrã enrolável.

Caso se confirme ser verdade (LG desistiu dos telefones), chega ao fim mais uma das grandes marcas do mercado dos smartphones. A falta de lucros dita o seu fecho e o fim de toda a tecnologia que foi sendo criada ao longo dos anos

Receba os nossos Artigos no seu E-mail. Subscreva!

SAPO