TSMC vai investir 100 mil milhões

A enorme procura por chips leva a que as fabricantes procurem novas alternativas e soluções. Neste sentido, a melhor forma de dar resposta à quantidade de encomendas deste segmento é realmente alargar a capacidade de produção. E é exatamente esse o objetivo da TSMC.

A gigante taiwanesa vai então investir 100 mil milhões de dólares para aumentar a sua produção de chips.

TSMC vai investir 100 mil milhões

Devido a vários fatores, em muito impulsionados pela pandemia da COVID-19, o mercado dos chips está a atravessar uma significativa crise de stock. As fábricas não têm mãos a medir e as marcas não conseguem fazer chegar aos consumidores e parceiros a quantidade de produtos pedida.

Assim, são vários os mercados que estão a ser fortemente afetados por esta escassez de componentes, desde o automóvel às placas gráficas. Desta forma, é fundamental então encontrar formas de ultrapassar este grave problema.

TSMC vai investir 100 mil milhões de dólares para aumentar a produção de chips

Como consequência da enorme procura de chip, a gigante TSMC (Taiwan Semiconductor Manufacturing Company) anunciou que vai investir 100 mil milhões de dólares (~85 mil milhões de euros) para aumentar a sua produção de componentes.

Este anúncio acontece depois que a rival Intel revelou que vai construir duas fábricas de chips e, assim, competir diretamente com a fabricante taiwanesa.

Por sua vez, a TSMC vai então usar todo aquele montante para nos próximos três anos expandir a sua capacidade de produção. Para além disso pretende ainda ampliar os projetos de pesquisa e desenvolvimento.

TSMC vai investir 100 mil milhões

Em comunicado, a fabricante informa então o seguinte:

A TSMC pretende investir 100 mil milhões de dólares durante os próximos três anos para aumentar a sua capacidade de fabrico e a pesquisa para tecnologias avançadas de semicondutores.

Numa carta enviada aos clientes, C.C. Wei, CEO da TSMC, informou que as linhas de produção da empresa já estão há um ano a funcionar a 100% da sua capacidade. Mas nem isso é capaz de dar conta de todos os pedidos.

Atualmente a fabricante de Taiwan é líder neste mercado, com cerca de 500 clientes de grande importância. Entre eles encontram-se a Apple, a AMD, a Nvidia e a Qualcomm.

Receba os nossos Artigos no seu E-mail. Subscreva!

SAPO